Presente de natal perfeito(sexo com a cunhada)


Ola amigos estou de volta para relatar o que aconteceu no natal.

Bom vamos aos fatos na manha do dia 24 de dezembro Vivian e eu estavamos preparando as coisas para o amigo secreto que seria aqui em casa, quando chegam Sibelly e Cesar pois iriam passar o natal conosco, na empolgaçao nao se foi planejado ou nao, Sibelly fala que havia esquecido algo em casa e pede pro Cesar ir buscar.

Como ainda faltavam algumas coisas minha esposa vai junto pra comprar e ficamos sós Sibelly e eu, continuamos organizando tudo Sibelly entra em casa e volta com uma cerveja e me oferece um gole que tomo lambendo o lugar por onde aquela boca havia passado.

Depois de algumas latinhas ela chega perto de mim e fala: eu percebi; eu dando uma de bobo pergunto: o que; ela responde: o jeito que lambeu a latinha e como sempre me olhou, nao sei do esta falando retruquei, ela insiste a sabe sim, nao precisa fingir estamos sozinhos e vai chegando perto com aquele jeitinho que nao resistir e larguei o que tava fazendo tasquei-le um beijo, gente que boca maravilhosa quando percebi ja estava com ela em cima da mesa e nos beijando loucamente a deitei e fui arrancando sua saia e pra minha surpresa a cachorra tava sem calcinha nao resisti e cai de boca naquela delicia e a chupei como nunca havia chupado uma boceta e a deixei molhadinha( pedi pra tirar fotos mais ela so deixou tirar uma) depois de a fazer gozar ela falou agora é minha vez e baixou minha bermuda e ja foi atolando meu pau em sua garganta e chupou com maestria ate que gozei em sua boca a cadela engoliu toda a porra, quando ja ia subir a bermuda ela impediu e perguntou: o que pensa que ta fazendo? eu respondo ta doida tua irma e teu marido estao pra chegar ela responde negativo eu esperei muito por esse pauzao torto no meu rabo e ja foi descendo minha bermuda novamente.

A levei pro quarto e joguei na cama fizemos um delicioso 69 ate que ela falou anda enfia logo essa porra no meu rabo eu obedeci nossa como estava quente e molhada aquela boceta que por muitas vezes eu bati punhetas estava ali engolindo minha pica, ela pediu pra sentar em cima e pra minha surpresa ela giuou ate o cu e falou com cara safada: esfola meu cu aquilo me levou as nuvens e metir com força, ela deu um gritinho e falou isso arromba meu cu seu cachorro, faz como sei que fazia cheirando minhas calcinhas ou tu acha que nao percebia o fundo das minhas calcinhas melados de gala, eu sabia que um dia ia ter essa porra escorrendo dentro do meu cu por isso mete safado arromba esse cu. Eu perguntei e o Cesar nao come teu cu nao ela respondeu: aquele mané tem nojo por isso to pedindo pra tu arrombar ele agora, para de perguntar e mete nesse cu aquilo me deixava com mais tezao mas, sabia que nao poderia demorar gozar pois Vivian e Cesar poderiam chegar a qualquer momento, depois de alguns minutos falei que queria gozar em sua boca novamente ela virou a cara pra tras e falou: ja falei que quero essa porra escorrendo dentro do meu cu caralho, eu a obedeci e enchi o cu dela de gala nos limpamos quer dizer eu me limpei pq nao poderia tomar banho pra nao da bandeira e ela queria ficar com a gala no cu ao chegarmos na sala ela fala: fui eu que te tirei e esse foi meu presente.

Bom é isso pessoal espero que gostem e comentem( agora é serio quem comentar e deixar e-mail eu envio a foto q tirei mais so pra quem comentar nao adianta so deixar e-mail. Dessa vez ja fiz ate copia da foto pra nao perder como as outras)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s