Uma noite de sorte!


Bom, nunca fui bom de contar minhas experiências, mais passei recentemente por uma que gostaria de compartilhar com vocês, não sei muito bem como descrever, mais foi uma coisa que aconteceu realmente.

Moro sozinho numa pequena casa no Rio nas proximidades da praia certa noite estava me sentindo só, mais quem nunca acaba se sentindo assim? Mais em fim. Resolvi sair e da um volta na praia, espairecer, ent. Fui para um canto reservado próximo a uns prédios não queria conversa com ninguém então fui para uma área onde não conhecesse qualquer pessoa do meu bairro, queria apenas ficar sozinho, mais como era uma área onde tinha prédios tinha algumas pessoas conversando na orla ali fiquei durante um tempo meia hora mais ou menos, nesse tempo que fiquei por lá resolvi ir pra casa, mais no caminho de casa acabei parando um bar pra tomar cerveja, não sabia que oque estava reservado para mim, na mesa onde eu estava não tinha ninguém além de mim quando estava quase terminando a cerveja entrou uma mulher, uma loira aparentava ter uns 30 anos, nossa me lembro o quanto fiquei vibrado na sua, esperei um tempo para ter certeza que ela estava sozinha, pensei comigo mesmo que tinha que arrumar uma desculpa para puxar uma conversa com ela nem que fosse uma conversa de 10 minutos. Então perguntei se ela estava sozinha, ela me respondeu que sim, perguntei seu nome ela me disse que seu nome era Karen eu educadamente me apresentei: prazer meu nome e Marcos, ela discretamente deu um sorriso, um sorriso safado porém inocente então depois uns certo tempo de conversa chamei ela para sentar em minha mesa, ela apenas deu um sorriso se levantou veio em minha direção e sentou na minha mesa, não acreditava naquilo, no que estava acontecendo minha noite tinha ficado interessante, em quanto tomava a cerveja me deparei que a hora ia passando, mais pensei comigo mesmo “dane-se a hora’’, quer dizer, quantas oportunidades daquela iria conseguir? Minha noite estava perfeita, um papo bom com uma mulher bastante interessante, a chamei para dar uma volta na praia ela aceitou, começamos a caminhar e falar um do outro, não conseguia tirar os olhos dela, nossa como ela era linda sentamos um pouco na orla ela se aproximou de mim e me deu um beijo, pensei comigo mesmo ‘’isso não esta acontecendo’’… comecei a me envolver com seus beijos, ambos estávamos espertos por causa da bebida quando olhava em seu rosto via uma mulher linda de olhos castanhos escuros, loira de cabelos lisos ela tinha uma boca mais que perfeita carnuda, sensual o seu jeito de me olhar me provocava cada vez mais , ela me perguntou se eu não queria ir pra um lugar mais reservado .. respondi que sim, levantamos deixei que ela andasse um pouco na minha frente para que pudesse observa seu rebolado era mais do que sensual, observava suas pernas então imaginava o quanto queria ter as pernas dela entre minha cabeça, então ela me disse que conhecia um lugar bastante interessante então deixei ela me levar ate lá, um lugar bastante legal ali mesmo na praia, não havia ninguém em volta já passava de uma da manhã, então não vi problema abracei ela e comecei a beija-la ela aos poucos foi se envolvendo nos meus beijos, mordia sua boca e ela a minha, fazia loucuras com aqueles lábios carnudos foi quando apertei ela na cintura bastante forte, só pensava em devorar aquela mulher ela estava me deixando louco, deite ela no chão, aos poucos, ela foi se envolvendo cada vez mais, apertava suas coxas, sentia mais do que tesão ao aperta-las, pernas macias branquinhas botei minhas mão por debaixo de sua blusa, seios fartos macios apertei seus seios em quanto a beijava fui ficando cada vez mais excitado ela tirou a blusa botei minha boca sobre seus seios sem pensar duas vezes comecei a lambe-los com bastante forme mordia seus mamilos apenas na ponta para que ela sentisse o quanto queria deixar ela louca em seguida ela subiu em cima de mim e novamente me beijou … ela me beijava no pescoço, no peito na barriga e quando chegou na cintura ela me mordia e eu adorava aquilo logo em seguida ela tirou minha bermuda quando dei por mim já estava pelado ela sem pensar duas vezes apertou meu pau, e caiu de boca “nunca tinha sido chupado daquela forma, tanta empolgação da parte dela queria retribuir e foi oque eu fiz logo após aquela chupada deliciosa, novamente a deitei sobre areia resolvi tirar seu chorte quando vi suas pernas na mesma hora pirei, comecei a lamber e a beijar cada parte de seu corpo fui passeando minha boca por suas pernas, ate chegar na calcinha ali sem pensar duas vezes enfiei meus dentes entre sua calcinha comecei a puxar que nem cachorro quando puxa um pano velho … abrir suas pernas comecei a entretê-la em quanto passava meu dedo entre seus seios chegando na barriga ate a buceta, ficando cada vez mais molhada, uma onda alcançou o lugar onde estávamos, água gelada mais isso não me impediu de fazer aquela mulher pirar, apenas aproveitei o momento ao máximo, cair de boca no corpo dela salgado queria fazer dela meu aperitivo fiz de tudo para que ela se entretece, quando ela menos esperou enfiei meu dedo nela, rapidamente sentir ela se contorcer, oque eu mais pensava era em fazer essa mulher pirar, só pensava no quanto queria virar ela do avesso, em quanto enfiava meu dedo, chupava ela e ela com a mão forçava minha cabeça cada vez mais, e eu gostava, quanto mais ela forçava minha cabeça, mais eu a chupava tirei meu dedo abrir a buceta dela o máximo que pude enfiei minha língua lá dentro, sentir aquela buceta bem quente pegando fogo, na minha língua, sentir ela molhada minha linga ficando cada vez mais melada, devagar como deve ser, fiz altos movimentos com a língua ela adorava aquilo gemia e começava a se contorce muitas vezes, apertava a areia como se tivesse apertando um lençol, querendo algum lugar para se apoiar então subi em cima dela, ela começou a me sentir ela encravou as unhas dela nas minha costas, eu no movimento do vai e vem sentindo meu pau molhado ela agarrou suas pernas na minha cintura e forçava mais o movimento enfiei meu pau nela ate não ter mais como enfiar, então trocamos de posição ela me deitou na areia em seguida subiu em cima de mim, com uma cara de safada ela me disse: “Agora e minha vez’’, ela começou a se movimentar em cima de mim e a sentir meu pau molhado dentro dela aquela buceta pegando fogo, ela dava na minha cara não importa o quanto doesse só queria que ela batesse mais forte, e foi oque ela fez, batia cada vez mais forte, ela rebolava em cima de mim, me endoidava, arranhava meu peito ..mais uma vez trocamos de posição coloquei ela de perna aberta pra mim de 4, deixei ela empinada o máximo que deu, comecei a morde aquela bunda gostosa, “pareço uma animal faminto quando ver carne” foi oque se passou na minha cabeça naquele momento então a peguei pelos cabelos, e enrolei na minha mão esquerda, e puxei, e com a mão direita encrava minha unhas em suas pele e a arranhava, ela gemia, e me chamava de cachorro e implorava para que enfiasse o mais forte e o mais rápido de desse, foi quando ela começou a levantar a voz dizendo que ia gozar então numa gemida bastante satisfatória ela gozou deixando meu pau encharcado eu com meu pau explodindo de tesão gozei em seguida, ela passava a mão em sua buceta em seguida botava na minha boca eu sem pensar duas vezes limpava a mão dela com minha língua. u Foi uma noite bastante cansativa oque era pra ser uma noite triste e solitária acabou se transformando em horas bem marcantes, levantamos vestimos as roupas fui leva-la em seu Apartamento, ela me convidou para entrar perguntou se eu queria comer alguma coisa e ali fiquei, dormi com ela, disse que morava só então não vi problema algum em dormi lá. No momento estamos vivendo um caso, onde somos exclusivos um do outro.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s