Sexo na Gruta


Olá, meu nome é Patricia, tenho 22 anos, sou morena, baixinha, tenho uma bunda gigante e seios bem fartos, cabelo comprido até o meio das costas e preto. Namoro há três anos, com o Felipe, ele tem 28 anos, é um negão enorme, todo definido pois faz academia… eu e meu namorado sempre tivemos uma vida sexual bem ativa, então resolvi compartilha com vocês nossas loucuras… Em um sábado de sol, resolvemos fazer um piquenique na Gruta aqui em nossa cidade, que é praticamente abandonada, ninguém vai lá. Para provocar e facilitar a nossa vida fui de saia… Chegando lá decidimos ir caminhar pela trilha para chegar até o mirante, no meio do caminho tinha uma parte que era umas pedras e tinha um vão… Sem pensar duas vezes Felipe me arrastou pra lá, e disse:

Felipe: ajoelha!- já abrindo o zíper da sua bermuda… Como sou muito obediente, ajoelhei… E Felipe colocou pra fora aquele pinto E-N-O-R-M-E que ele tem.. Paguei um boquete ali mesmo para ele, que tava alucinado, com o local e com o que estava acontecendo, e não querendo me gabar, Felipe disse que tenho uma “boquinha de veludo” para o sexo oral. Ficamos ali uns 15min. até que o Felipe gozou na minha boca, e eu engoli tudinho.

Assim que nos recompomos, continuamos na trilha como se nada tivesse acontecido… Quando chegamos no Mirante, procuramos um local mais afastado para fazer o nosso piquenique, encontramos uma pedra gigante, e ficamos atrás dela… Ficamos lá durante um bom tempo, conversando, se pegando até que a coisa foi ficando mais quente… Então resolvemos ir pra mais pro fundo da Gruta, em um local menos movimentado. Fomos caminhando até que achamos o lugar perfeito, era em baixo de uma arvore, e não passava muitas pessoas por perto. Chegando lá, colocamos nossa toalha no chão, e o Felipe me deitou, e começou a me beijar… Aperta meus peitos, passa a mão sobre a minha mini calcinha, tava louca de tesão já.. Até que não aguentei mais, e pedi no ouvido dele:

-Me fode!!!! – e fiz uma cara de ninfeta pidona, que eu sei que ele não resiste…

Na mesma hora Felipe tirou aquele pinto pra fora, tava duro feito pedra, e mandou eu chupar de novo.. Como adoro paga um boquete, fui com todo o prazer!

Depois Felipe tirou a minha blusa, e meu sutiã… Meus peitos tava com os bicos duros de tanto tesão, e depois ele tirou minha saia e minha calcinha, eu já tava encharcada de tanto tesão que eu estava… Ele enfiou aquela pica gigante com toda sua força em mim… Dei um gemido alto, pois estava muito bom. Ai começamos naquele vai e vem de papai e mamãe delicioso, até que o Felipe disse que ia gozar de novo, e dessa vez eu não deixei, claro. Empurrei ele na hora, fiz ele deita na toalha e montei em cima dele, e fiquei naquele sobe e desce, e o Felipe batia na minha bunda e me chamava de cachorra(adoro que me xinguem e me bata) não demorou muito o Felipe disse que ia gozar… Assim que senti aquele leite quente dentro de mim, não aguentei e gozei também.

Ficamos os dois deitados um bom tempo até que recuperamos… E Felipe foi me chupar… Que boca, que lingua… Ele fez um sexo oral maravilhoso em mim, me mordeu, me chupou, e lambeu meu cuzinho.. Eu já tava implorando pra ser fodida novamente.

Felipe então sentou, e mandou eu sentar na sua tora. Sentei, e fizemos um sexo de novo incrível, minha boceta tava inchada já, não conseguia parar de gemer, e de pedir mais, até que gozei de novo. Já estava morta de cansaço, e Felipe com o pinto duro, e apontando pra cima ainda… Até que ele falou no meu ouvido:

– Ta faltando uma coisa pra você me dá, né sua safada!

Eu sabia o que era, era meu cú. Felipe sempre foi obcecado por sexo anal, e como eu sempre fui uma namorada obediente, dava. E sempre dei com muito gosto, me sentia mulher de verdade, e um prazer fora do comum com isso.

Felipe mandou eu ficar de quatro… E enfiou, TUDO, de uma vez só, dei um grito de dor com prazer… Mais logo deixei o tesão comandar tudo! Felipe estava alternando entre o cu e a buceta, e tava me deixando louca já, ate que eu gozei novamente, e na hora que ele percebeu começou a meter com mais força, até que gozou dentro do meu cu.

Ficamos uns minutos deitados pra descansar um pouco… Nos vestimos e retornamos para a trilha,de volta pra casa, entramos no carro e Felipe me levou até minha casa, e quando fomos nos despedir, ele disse:

– De noite tem mais, então se prepara…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s