Blogueiro safado e gostoso


Hoje a história que vou vos contar aconteceu entre mim e um blogueiro que mora em minha cidade… César 1.80m altura; branquinho; forte; gostoso; safado; atraente; 31 anos
Muitas pessoas perguntaram se sou mulher; sou sim tá gente!!!! Minhas características serei breve. 24 anos; Morena clara; cabelos negros; olhos cor de mel; lábios carnudos; seios fartos; bunda bem gostosa; pernas de tirar o folego e o resto deixo a imaginação de vocês fluírem.
Certa noite fui para uma festa de inauguração de uma loja de bebidas onde encontro ele tirando fotos do lugar; das pessoas da alta sociedade para publicar em seu blog. Eu estava com um vestido preto; decotado levemente; cumprimento a cima do joelho poucos centímetros; afinal de contas não podia; não posso e nem quero parecer vulgar; principalmente nesse tipo de evento.
A melhor parte dessa festa (que já estava ficando chata) foi a troca de olhares que trocamos; ele e eu. Quanto mais eu percebia ele olhar; mais eu olhava e me excitava; e percebia o olhar dele principalmente para meu decote e pernas; e o mastro dele enrijecido por dentro da calça se percebia fácil o volume; e minha calcinha ao ver aquilo tudo; estava cada vez mais molhada.
Eu sempre fui mais ousada então fui em direção a ele o cumprimentar e perguntei se ele não estava afim de tirar uma foto minha; para minha surpresa ele foi mais ousado que eu; encostou sua boca no meu ouvido e sussurrou; melhor que tirar uma foto sua vestida; prefiro você nua pra mim e não aqui no meio das pessoas; mas vou te levar pra um lugar inusitado; vem comigo.
O segui até o banheiro do local; onde nossa intenção com certeza não era tirar fotos; mas o desejo do sexo era notável até por quem passasse por perto de nós; o olhar parecia que estava em chamas; e o cheiro do sexo era nosso perfume; nossa fragrância. Entrando no banheiro ele trancou a porta e sem demora veio pra cima de mim com tudo; beijando minha boca velozmente; subindo de imediato meu vestido em questão de segundos eu já estava só de calcinha na frente daquele blogueiro safado; e naquela noite tarado por mim; a câmera era a última coisa ou a única coisa naquele momento que não seria utilizada.
Ele beijou meu corpo todo; boca; pescoço; orelha; deixando meus seios enrijecidos e eu cada vez mais sentindo tesão por ele; já estava maluca; não podia nem gemer; nem gritar; apesar do som alto; mas alguém podia ouvir; ele me sentou no balcão onde ficam as pias; abriu bem minhas pernas e começou a dar linguada nas coxas; na virilha; até chegar na minha buceta que já encharcada de tesão até por cima da calcinha dava p sentir o molhado; ele a tirou e a abocanhou como se fosse o ultimo sorvete; ou ultimo doce que uma criança pudesse desfrutar naquele momento; sua língua e boca tinham uma maciez; meu clitóris ficou durinho; ele passeava a língua com muito prazer; e começou a lamber um dos dedos e enfiar na minha buceta; e o outro no meu cuzinho; que delícia; quanto tesão virei de quatro pra ele e rebolava com minha bunda na cara daquele safado enquanto ele enfiou a língua no meu cuzinho tão apertadinho. Que ele continuou até que eu tivesse meu primeiro orgasmo entre tantos daquela noite.
Fiquei de joelhos em frente a ele e me pus a chupar aquele pau delicioso; branquinho; que chupei com muito gosto; subindo e descendo; punhetando; chupei as bolas; acariciava; (confesso que estou escrevendo o conto e vivenciando ele em minha mente; estou totalmente excitada); o fiz gozar duas vezes minha boca e engoli todo aquele leitinho.
Ele me suspendeu em seus braços e me beijava loucamente; e ele me colocou de quatro no chão e mais uma vez ele começou a lamber meu cuzinho e minha buceta; e foi quando ele perguntou se podia enterrar o pau dele em mim; se ele me pedisse qualquer coisa naquele momento eu faria; balancei a cabeça que sim. Confesso que nunca senti tanto prazer em tempos; a principio incomodou claro; mas depois o prazer tomou conta de nós e foi ficando gostoso; enquanto ele bombava em mim; puxava meus cabelos; me chamava de cachorra; batia na minha bunda; preciso nem dizer que eu gozei e tive mais e mais orgasmos. Esse homem é uma delícia.
Estavamos muito suados; o cheiro do sexo tomou conta do ambiente. Quando enfim ele gozou; caímos deitados um do lado do outro; realmente foi surpreendente. Nos arrumamos e até comentei com ele; será que ninguém notou nossa falta?
Saimos em direção e voltando a festa; engraçado é que estavam todos olhando para nós; e não estávamos entendendo nada; até que o dono da loja se aproximou de nós e disse:
– Parabéns. Não sabia que você era tão gostosa e fogosa assim. E você campeão – se referindo a César – é um cara de sorte.
Gente esquecemos das câmeras de segurança. E colocaram a tv e todos que estavam na festa viram nossa noite de prazer!
Espero que tenham gostado; deem suas notas e suas criticas serão uteis para meu aperfeiçoamento.
E-mail renecka_becka@hotmail.com
Ao add identifique-se.
Beijos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s